Segunda-feira, 28 de Julho de 2008

E á seis meses aqui a mamã...

(escrito no fim de semana passado, aquando dos seis meses do Duarte)

 

...estava cheia de dores mas muito feliz....

 

Aqui no blog só contei como foi o parto, nunca contei como foram os 3 dias de internamento que se seguiram... vou então puxar um pouco pela cabeça e contar...

 

Subi para o quarto mais ou menos ás duas da manhã, ia cheia de dores, a anestesia estava a passar e devido ao facto de ter sido aplicada ventosa na cesariana tinha mais dores que as comuns cesarianas... cheguei á enfermaria, estavam lá duas mamãs com as suas princesinhas... o Duarte era o rei do pedaço... uma das mamãs já ia sair nesse dia depois de almoço e a outra tinha sido internada ao mesmo tempo que eu, mas já com 3 dedos de dilatação, por isso teve um parto normal e segundo as enfermeiras era uma "boa Parideira", porque fazia a dilatação muito rápido... mas como ia a dizer, cheguei á enfermaria e fui examinada pela enfermeira e por dois enfermeiros estagiários... nunca tanta gente junta viu a minha pachareca ... segundo a enfermeira, estava toda inchada de tantos toques seguidos durante a tarde, trouxe-me gelo para aliviar, e também me disse que o meu penso da sotura tinha sangue, marcou a linha do limite com uma caneta para ver se continuava a sangrar...

 

Aproveitei para ligar á minha mãe, e mandar um sms á minha irmã que me ligou logo... ficaram todas admiradas por causa do Duarte ser tão grande... a minha mãe queria saber tudo... acho que aprendi com ela a ser mãe galinha...

 

Perguntei se me poderia trazer algo para as dores,trouxeram paracetamol... fiquei desiludida, porque sabia que aquilo não ia servir de muito... enquanto isso o Duarte estava a dormir o soninho dos justos no seu bercinho... um doce de bebé, que durante todos esses dias de internamento nunca chorou... bom mas como eu já previa o paracetamol ñ fazia qualquer efeito... estava a passar pelas horas mais dificeis da minha vida... eram tantas dores que nem sabia onde me doia... como só poderiam dar-me mais alguma coisa para as dores ás 6h da manhã, contei cada minuto... também estava cheia de sede, mas como é lógico não podia beber água...  mais ou menos ás 3h da manhã a enfermeira e os respectivos estagiários vêm ver como estava, mal a enfermeira me destapa vê que o penso da sotura estava cheio de sangue, chamou logo uma das médicas que me tinha feito a cesariana... bem nem me quero lembrar... a médica tira o penso e aperta os agrafos um por um para ver qual era o que vertia sangue... pensei que ia morrer com dores, é certo que ñ tive contracções, ñ sei o que isso é, mas o que passei depois da cesariana deve ser tão mau ou pior... lá descobriu de onde vinha o sangue... não sei bem o que fizeram nessa altura estava maluca com tantas dores... voltaram a colocar o penso, fico ainda com mais dores do que já tinha, peço para me darem mais alguma coisa para as dores e dizem-me o mesmo, que só poderiam dar ás 6h da manhã... tentei abstrair-me do meu fisico ao olhar para o meu bonequinho que dormia ali mesmo ao lado... a enfermeira veio busca-lo para lhe ver a glicémia, como continuava baixinha meteu-o na mama novamente... conforme o Duarte mamava mais dores tinha... e depois ele estava sempre a adormecer, tinha de estar sempre a acorda-lo... e as seis da manhã nunca mais chegavam...

 

Finalmente eram seis da manhã......... como já passava um minuto lol das seis , carreguei na campainha para me darem finalmente alguma coisa para as dores... não gosto de ser chata, e procuro incomodar o minimo possivel mas tive de carregar porque estava realmente cheia de dores... a enfermeira lá me pôs Nolotil no soro... olhava para a bisnaga como a minha salvação... mas comecei a reparar que ñ estava a pingar... que azar pah... atão tanto tempo á espera daquilo e depois não o puzeram bem... ai ai... fiquei á espera que a enfermeira por ali passa-se para ela ver aquilo, não queria estar a carregar no botão novamente... mais ou menos ás seis e meia, já estava a desesperar, lá vem a enfermeira... lá lhe expliquei e ela lá pôs aquilo a correr... e realmente aliviou um pouco...

 

Mais ou menos ás 8h achei que já eram horas de mandar sms e avisar amigos e famíliares da chegado do boneco Duarte... ora a mensagem era mais ou menos assim "Olá, sou o Duarte, nasci esta noite com 4.120kg e 53cm, os papás estão muito felizes, a mamã tem dores mas isso passa..."

 

Queria tanto tomar um banho, mas só me podia levantar depois ao meio dia, quando tinha passado 12h do nascimento do Duarte... disseram-me que me iam dar banho na cama... a meio da manhã já estava novamente aflita com dores... percebi que não havia analgésico que me valesse, só mesmo o tempo...

Ao meio dia e tal depois do tal banho lá me levantaram... bom... comecei a suar frio a ver tudo a rodar... a sentir-me tão mallllllllllllllllllllllllllllll.... se não me agarrassem rápido tinha caído ao chão... quase, quase desmaiava...

 

Quando o Pedro chegou á uma da tarde estava ainda muito mal disposta e sentia-me muito mal sentada... andar era mentira, dava-me uma dor horrivel que a principio pensei ser na costura, mas depois de ser examinada a enfermeira explicou-me que na cesariana tinham esforçado um tendão... e que ia demorar uns dias a passar...

 

O pedro mal chegou começou logo a cuidar do filhote, cortou-lhe as unhas, mudou a fraldinha, aspirou o narizinho... fiquei a ama-lo ainda mais, por ele estar a cuidar tão bem do meu bonequinho lindo...

 

A tarde lá se passou, entretanto uma das minhas companheiras de quarto teve alta... as minhas dores continuavam... recebi algumas visitas... e ás 20h o Pedro teve de vir embora... e ai bate um pouco de tristeza... mas olhava para o Duarte e tudo passava...

 

A noite não foi facil, continuavam as dores, e andar era dificil por causa do tal tendão... O Duarte dormia o tempo todo e nem acordava para mamar, por isso fiz eu o horário de três em três horas e meti o despertador do tlm... mas mesmo assim ele só mamava 10m outras vezes menos... as enfermeiras queriam a toda a força que ele mamasse durante 30 minutos... diziam que tinha de o acordar, de lhe tirar a roupa... eu sei lá... mas não haia nada a fazer, era aquele tempo e pronto... e sempre foi assim, o Duarte nunca demorou mais de 10m a mamar, e só de uma mama por mamada... começaram a deixar de me chatear quando depois da mamada iam fazer o teste da glicemia e estava bem...

 

A segunda feira chegou, queria levantar-me e andar de um lado para o outro como via fazer, mas não dava, segundo a enfermeira, o problema era mesmo o tendão, porque segundo ela já era para andar mais ou menos... ir tomar banho nessa manhã foi uma aventura... cheguei com muita dificuldade á casa de banho, e ainda com mais dificuldade tirei a roupa... depois de estar prontinha para o banho, lembro-me que me tinha esquecido das minhas coisas na enfermaria................. CARAÇAS................. bom tive de me vestir de novo, e ir tentar buscar as minhas coisas, mas cheguei á cama e tive de me deitar um bocado e só ao fim da manhã fui tomar a banhoca... Á uma como sempre lá estava o Pedro para passar a tarde connosco... nessa tarde saiu a outra senhora que estava comigo, mas entretanto já tinha entrado outra que teve no domingo ao fim da tarde e acabou por sair na terça, ainda antes de mim...ao fim da tarde mais visitas... todos achavam o Duarte lindo e parecido com o pai... como não podia deixar de ser...

 

Nunca me vou esquecer que o Duarte dormia quase o tempo todo, e as visitas queriam vê-lo de olhos abertos, mas não havia nada a fazer... e não é que uma das enfermeiras estagiarias que por lá andava num dos dias chegou ao pé de nós e disse "mas será que não vou ver os olhos deste borracho??"... e começou a despi-lo, até ai tudo bem, elas ás vezes faziam isso para os bebés espertarem... como com o Duarte isso não resultava, avisei-a logo... diz-me ela "mas ñ vou só despi-lo, vou também molhar-lhe os pés com água fria"... mal acaba de o dizer, agarra no puto e leva-o até á torneira do lavatório... abre a torneira e toma lá morangos... bem fiquei pa morrer... disse-lhe para mo trazer, que se ele queria dormir era deixa-lo dormir... fiquei orgulhosa do meu bonequinho, porque nem assim abriu o olho pa maluca da estagiaria... tou a brincar ela aé era super simpática... mas que não lembra a ninguem ir molhar os pés de um recem nascido com água fria, isso é verdade...

 

Na terça foi mais ou menos o mesmo dos outros dias, já estava um pouco melhor... passei a tarde com o papá, fui examinada e o Duarte também, o Duarte teve alta e aqui a mamã não, por isso ficamos até quarta...

 

Na quarta estava desejosa por passar a equipa médica para finalmente me dar alta... tive alta ás 10h mais ou menos mas só saí de lá depois das 14h... os papeis nunca mais estavam prontos... o Pedro passava o tempo a ligar para saber se já podia ir... tinha passado a manhã a fzer limpezas... contrariamente ao que tinha visto fazer com as outras companheiras de quarto que tinham ido embora a mim não me vieram explicar nada... estavam com mais trabalho nesse dia... mas gostava que me tivessem explicado algumas coisas que depois tive de aprender sozinha... como por ex o que fazer quando subisse o leite... passaram a pesar o Duarte, estava com 3.930 kg, tinha perdido 190 gr, segundo eles era optimo...

 

Mais ou menos ás 14h saímos da maternidade, eram tantos sentimentos, era tanto o medo... era tanta a FELICIDADE... o Duarte ia para casa, para a nossa casa...

 

Quando chegamos a minha mãe também estava a chegar da terra, veio passar uma semana e meia connosco para me ajuadr um pouco...

 

Foi tão bom entrar em casa com o Duarte, e sentir que esta casa que até aqui era o nosso ninho, passou a ser assim, sem mais nem menos um ninho de três...

E é tão bom ter o nosso Duarte...

 

Estes seis meses passaram rápido... foram os seis meses em que menos dormi, em que mais chorei, em que mais preocupações tive... Mas foram sem duvida os seis meses mais lindos e felizes da minha vida...

 

Amo-te cada dia mais filhote...

 

Ficam algumas fotos da maternidade... 

 

Nem reparem na minha figura... estava com mau aspecto...

 

Apesar de terem sido dias complicados tenho saudades... foi muito especial conhecer o Duarte...

 

 

 


 

Mais uma aventura por... Ana às 00:43

link do post | deixar pedaços de céu | favorito
|
12 pedaços de céu:
De Rita a 28 de Julho de 2008 às 01:56
Ohh gostei tanto da descrição daquele momento tão especial =) Li tudinho.. A mim assusta-me um pouco a dor que se tem e acredito que ao ver um filho nosso a dor passa, mas como ainda não tive nenhum, continuo um pouco receosa com a dor...
Já ouvi falar tantas vezes no toque mas não sei o que é! Quer dizer.. imagino mais ou menos não é.. mas ao certo não sei...
Essa médica foi mesmo parva, não passa nacabeça de niguem molhar os pezinhos de um recem nascido...
E sabes que mais, o Duarte é mesmoo a cara do pai!

Beijinho
De Graça a 28 de Julho de 2008 às 09:50
Bom dia!

Vejo que foi bem complicado o pós-parto, mas realmente, tudo passa :) :)

Bj ***********
De Isabel a 28 de Julho de 2008 às 09:55
São momentos maravilhosos e que apesar de dolorosos, deixam saudades. Eu recordo com muita saudade os dias que estive na maternidade. Com ela foi diferente, porque nasceu numa clinica, teve problemas á nascença (não mexia um bracito) e foi tudo mais atribulado. Dele correu tudo melhor, também era um bebé grande como o teu (4.130Kg e 51cm), mas nasceu de parto normal, sem complicações.
Um grande beijinho!
De Mamã Pirata a 28 de Julho de 2008 às 10:30
Uiiiii nem me fales no após cesariana.Realmente sofremos mto,eu tive dores de morte (parecia que me arrancavam o umbigo) e tive um mes cm dreno na barriga e a injectáveis de penicelina.
A sotura infecionou.Mas cm dizes e bem te-los connosco compensa tudo.

Bjs ao Duarte.

O Pirata está melhor ,obrigado.
De Marcia e sara a 28 de Julho de 2008 às 10:45
Amiga eu tambem fiz cesariana e nem me quero lembrar das dore que tive.
Foi simplesmente horrivel.
Beijinhos
De Sandra e Dinis a 28 de Julho de 2008 às 10:56
Olá Ana,
Sofreste muito, no pós parto!! Mas foste forte e superaste tudo muito bem.

Tb fiz cesariana, embora não tivesse as dores que tiveste, só me lembro que no 2º dia eu dormi um pouquinho, acreditas que tinha medo de ir para a cama, só pelas dores que me dáva. As enfermeiras não ajudavam em nada, só me deram banho no 1º dia... O pior foi que o Dinis era um bébé MUITO chorão, chorava quase a noite toda. Não pregava olho. Estive lá 5 dias , isto porque o D. teve itericia e porque ele tinha uma infecção e naõ sabiam a causa. Viemos mas estava a ser acompanhado, durante 15 dias fez "montes" de analises, coitadinho.
E além disso não pegou bem na mama, o meu leite tb não era muito forte. Em casa depois dei-lhe o suplemento. Era mesmo fome que o D. tinha.
Depois vieram as cólicas...

Mãe sofre, logo desde os 1ºs dias.
Mas sabe sempre bem...

Bjinhos
De Rita a 28 de Julho de 2008 às 12:43
Bemm agora sim fiquei a perceber o que é um verdadeiro toque! Obrigado pela explicação! eheh.. .Eu imagino as dores que isso deve dar... ainda mais para ti que não tinhas dilatação nenhuma, e no caso da cabeleireira "para ajeitar a cabeça dos bebes"! Os medicos deviam ser mais cuidadosos com as pacharrecas das mamãs =pMas o que interessa mesmo é que depois venha um rico bebe cheio de saude e todo bonitão ;)
De Xana a 28 de Julho de 2008 às 14:44
Qual mau aspecto nas fotos, só o sorriso todo babado apaga tudo o resto.
Foi bem complicado o pós.parto.
um beijinho grande
boa semana
Xana
De Xana a 28 de Julho de 2008 às 14:44
Qual mau aspecto nas fotos, só o sorriso todo babado apaga tudo o resto.
Foi bem complicado o pós.parto.
um beijinho grande
boa semana
Xana
De Nadine a 28 de Julho de 2008 às 15:11
Amei, amei o teu texto. Tão simples e tão bem escrito, saiu-e mesmo da alma, mulher!
Bem, fiquei mais convencida, acho que vale o parto natural LOL agora com a epidural tá-se bem lol...isto foi um pouco traumatizante. Credo meu Deus!
Só espero que quando vier a Mafalda ou outro rapaz hehe que seja um parto mais abençoado lol porque eu sei que vale muitooooo a pena, mas eras mais feliz com menos dores após o parto porra!
Mas pronto. Tens aí o teu mais-que-tudo, lindo de morrer, mais lindo não dava mesmo, porque ele é brutal e tem uns olhos lindos lindos, enfim, eu sou totalmente apaixonada pelo Duarte!! :) Posso?? hehe

Boa semana para voçês, que corra tudo bem. Eu na sexta lá vou de férias. 18 dias sem saber do Duarte
:( que vai ser de uma pessoa. Sem querer agarramo-nos a voçês. :)

Beijinhos*

Comentar post

.Obrigada pela visita e voltem sempre...


glitter-graphics.com
Ana Goncalves

Cria o teu cartão de visita

.Barrinha...

Lilypie Third Birthday tickers

.Dezembro 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.Ultimas aventuras...

. Boas Festas...

. Força Portugal...

. Drº Duarte...Carnaval 201...

. 4 Anos...

. Boas Festas...

. Carnaval 2011...

. 3 anos ou 36 meses...

. Boas Festas...

. Atirei o pau ao...

. Inauguração do Gymboree M...

. Parabéns Quentin...

. Museu das Aldeias...

. Fim de semana de festa...

. E como diz o Duarte...

. A minha marcha é linda...

.O que já passou...

. Dezembro 2012

. Junho 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Março 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Novembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

.tags

. todas as tags

.links

.mais sobre mim

.Ás kuantas ando...


Birth Announcements

.Gosto de visitar e de aprender com...





BabyBlogs BabyBlogs selobaby2 Agenda dos Miúdos

.Vamos falar...



adopt your own virtual pet!

LCD Text Generator at TextSpace.net
Ana Goncalves

Cria o teu cartão de visita