Quinta-feira, 19 de Junho de 2008

O parto...

Gostava de vos contar como foi o parto…

 

OS DIAS ANTES

 

 

No dia 28 de Dezembro fui fazer o  primeiro CTG, e como já previa ñ tinha contracções nenhumas e o Duarte continuava muito subido, ou seja avisaram-me logo k seria um bebé de 2008…

 

Uns dias depois de começar o ano tive o segundo CTG, e apesar de já estar com quase 39 semana, nada de contracções e o Duarte continuava muito subido, colo do útero completamente fechado… e foi nessa semana que apanhei talvez a maior constipação da minha vida, fiquei mesmo muito mal, a garganta toda inflamada, o nariz muito congestinonado, conclusão as duas semanas k me restaram foram um verdadeiro suplicio…

 

No dia 14 de Janeiro tinha o meu ultimo CTG, quando já ultrapassava a DPP em dois dias, mas no dia 11 não aguentei e tive de ir ás urgências, não descansava de noite a tossir, não respirava nada pelo nariz de tão entupido k estava, tinha febre… bom lá vou eu ás urgências ao Barreiro… a médica disse que teria de tomar antibiótico, fiquei logo toda lixada… em toda a gravidez não tomei nem um único medicamento, tive tanto cuidado e agora no fim, quando estava quase a chegar ao fim da longa caminhada é que tinha de me acontecer aquilo… fez-me o toque (dias depois percebi que foi mais um toquezinho ;) e o colo continuava fechado… enfim lá fui com a receita para aviar e sem sequer me passar um xarope… as coisas foram piorando e quando chegou o dia 14 e fui fazer o CTG já nem conseguia falar e já tinha mais de uma semana de noites sem descansar… O CTG continuava igual aos outros, total ausência de contracções, por isso decidiram que se iria marcar a indução… estávamos numa segunda feira e decidimos marcar para o sábado seguinte, dia 19, por duas razões, primeiro porque era o dia em que completava 41 semanas e segunda para ver se a constipação melhorava um pouco e o antibiótico fazia algum efeito…

Esses dias foram horríveis para mim, não sei mas o medo e o estado debilitado em que estava apoderaram-se de mim, ninguém me podia dizer nada, a minha cabeça estava a mil á hora… nem sei como vos explicar o que senti nessa semana…

 

Eu que sempre desejei que tudo acontece-se normalmente, tinha de ir para uma indução… Comecei mesmo a stressar muito, e depois também não me sentia melhor, tudo isto junto fazia com que a minha cabeça só pensa-se  disparates… não sabia o que ia acontecer, conhecia histórias de induções que tinham durado dias e dias…

 

O DIA DA INDUÇÃO…

 

O dia 19 de Janeiro chegou, e lá fui eu, no dia anterior, foi dia de limpeza a fundo em casa, para estar tudo ao mais alto nível para receber o Duarte…

Ia muito concentrada nos meus pensamentos, não sabia quando voltaria a passar no caminho de volta a casa, olhava para tudo já com saudade…

Chegamos finalmente ao Barreiro, deviam ser mais ou menos 8h30m, ainda era cedo por isso ainda fui comprar umas revistas para me acompanharem nas minhas horas de seca…

Ás 9h toquei á campainha do bloco de partos, também estava lá á porta outro casal, que por acaso o Pedro até conhecia, a porta foi aberta, dar beijinho ao Pedro e entrar…

Fui examinada, continuava sem dilatação nenhuma, o médico deu-me um comprimido para iniciar a indução, nessa hora que estava com o médico recebo uma msg da minha irmã que esta na Suiça, dizia para ter força e que estavam a pensar em mim… ali naquele momento e a querer fazer-me forte á frente do médico desde o inicio da consulta não aguentei e desatei a chorar tudo o que não tinha chorado os dias anteriores para não dar parte fraca… o médico lá me despachou pa enfermeira para os procedimentos normais nestes casos… nesta altura já estava um pouco melhor da constipação, mas continuava com tosse…

Deviam ser mais ou menos 11h quando entrei para a sala de dilatação, no Barreiro são salas individuais e em caso de parto normal é também nessa sala que acontece… ali estava eu a ouvir o coração do meu Duartinho e a rezar pa tudo correr bem… o Pedro ainda não estava comigo e sentia-me muito sozinha… lembro-me de olhar muitas vezes para o saquinho que levava com o primeiro conjunto de roupinha do Duarte e de já ter saudades da barriga e dos pontapés do meu amorzinho…

Mais ou menos ás 13h passa a equipa médica para fazer toques e ver o estado da coisa… comigo tudo na mesma, reforçaram a dose do soro para ver o desenvolvimento e perguntei pelo Pedro… eles lá o chamaram, ai descontrai um pouco, já tinha alguém para falar, e para partilhar o meu desespero por não haver desenvolvimentos…

Pouco depois do Pedro vir para lá, ouvimos uma Leonor a nascer, ainda ficamos mais stressados, para quando a nossa vez…

A tarde passou, nasceram mais bebés, fizeram-me não sei quantos toques… e nada, nada de dilatação… mais ou menos ás 21h perguntei á enfermeira o que pensavam fazer comigo,  ela disse k não sabia mas que á dias naquela mesma enfermaria, esteve uma outra mamã na mesma situação que eu mais ou menos 3 dias… bem entrei em parafuso, já me doía o corpo de estar deitada, já me doía tudo de tantos toques… já estava a dizer mal da minha vida, quando a enfermeira, que era um amor, vem e me diz pa me levantar pa ir tomar uma banhoca, já que a coisa estava atrasada… o Pedro foi ver da janta e eu lá fui á banhoca… despedi-me mentalmente da minha querida barriga, e pedi muito ao Duarte para nascer rápido… mais ou menos por volta das 22h30m, vem o médico, faz o toque e nada de novo… ele disse k nunca tinha visto nada assim, porque eu nem contracções tinha… como os batimentos do Duarte já não eram tão regulares decidiram-se por cesariana…

 

O PARTO

 

 

Deviam ser perto das 23h 15m quando me vieram buscar, despedi-me do Pedro e fui pelo meu pé para o bloco. Esta parte até nascer o Duarte para vos contar com exactidão não sei se consigo, porque devido ao medo, á ansiedade e ao facto do Pedro não estar comigo, mas vou tentar… Quando entrei no bloco, tiraram-me a camisa sexy aberta atrás lolol… e lá fiquei deitada como vim ao mundo, sempre a tossir e com um frio do pior… a anestesista nunca mais aparecia já passavam das 23h 30m quando veio, já eu estava mais que gelada… não espetou a agulha á primeira, nem á segunda, bem são momentos de desespero, e eu cada vez a tossir mais… lá conseguiu dar a anestesia, e finalmente senti um calor maravilhoso nas pernas… também me lembro que tinha os braços abertos com alguns aparelhos, e estava a levar oxigénio para o Duarte, o que ainda me esta a dificultar mais a respiração, que já não era grande coisa por causa da constipação… lá veio a equipa médica… o stress era cada vez maior, nem sei como explicar, era um aperto no peito por um lado só queria que tudo estivesse bem com o meu Duarte, por outro tinha tanto medo…

A cesariana iniciou-me mas devido ao facto do Duarte estar muito subido, vieram duas enfermeiras para a minha barriga empurra-lo… só ouvia a médica dizer, que estava difícil, que ele era muito grande e ñ ia sair assim… depois foi tudo muito rápido, lembro-me de ter sentido um grande shuakk que soube depois ter sido quando a ventosa puxou o Duarte, só vi sangue por todo o lado, e mal olhei para o lado vi o meu Duarte pela primeira vez…No relógio marcava 00h 05m… nem sei o que senti, já estava em lágrimas, só conseguia olhar para ele e observar tudo o que lhe faziam e se estavam a cuidar bem dele… fiquei completamente admirada quando soube o peso 4.120kg e 53cm, nunca imaginei que fosse tão grande… O índice de apgar, reflectiu que o Duarte já não estava muito bem, foi de 4 ao primeiro minuto, 7 ao quinto minuto e mesmo aos 10 minutos ainda não tinha os 10, mas sim 9… mal o vi porque vestiram-no e levaram-nos um pouco para a ser aquecido… depois a parte de cozer foi uma aventura, a médica bem queria cozer, mas eu ñ parava de tossir… foi engraçado foi…

Quando passei para o recobro, vi o Duarte dentro da encobadora…

Ali fiquei no recobro mais de 1h 30m, sem ninguém ir ao pé de mim, estava a ouvir de som de fundo, uma cigana a parir, e não fosse a preocupação que tinha com o Duarte e as dores devido á anestisia que estava a passar, teria achado muita graça ás expressões da cigana… deveria ser uma e tal da manhão quando vem finalmente a enfermeira, lá lhe perguntei plo Duarte, ela disse que o ia buscar, também lhe perguntei se já o tinham ido mostrar ao Pedro, disse-me que não tiveram tempo… imaginei como ele devia estar… lá trouxeram o meu bonequinho lindo, e foi ali que lhe toquei pla primeira vez, e o beijei… a enfermeira disse que ele tinha a glicemia muito baixinhapor isso tinha de mamar… e ele, mamou, e mamou bem… agarrou logo na maminha com convicção, pedi á enfermeira para r chamar o Pedro, queria que ele conhecesse o filho, disseram-me que ia subir para a enfermaria por isso ele k estava na sala de espera já nos ia ver…

Quando ele chegou ao pé de nós, disse para pegar no Duarte, teve medo… mas via-se que estava emocionado… lá subi, ele veio para casa, só voltou a ver o Duarte ás 13h desse dia… depois, depois é outra história, a nossa história a três que espero que acompanhem aqui no meu cantinho….

Foi um parto como tantos outros, para mim foi especial, afinal foi o meu…

Senti necessidade de partilha-lo convosco porque sempre adorei ler as descrissões que fazem dos vossos…

 

Ficam as fotos do bonequinho quando nasceu...

 

Estas foram no dia do nascimento á tarde...

 

 

 

 

 

Esta já foi no dia seguinte, dia 21... estava ele nas pernocas da mãmã...

 

 

 

Já tenho saudades destes dias, só de olhar para estas fotos... meu amor pequenino e lindo...

 


glitter-graphics.com

sinto-me:
tags:
Mais uma aventura por... Ana às 09:31

link do post | deixar pedaços de céu | favorito
|
9 pedaços de céu:
De marta a 19 de Junho de 2008 às 12:28
Olá, adorei o teu cantinho e adorei ainda mais a descrição que fizeste do nascimento do pequeno Duarte. Até me arrepiei toda, deve ser uma alegria veres o pequenino pela 1ª vez.
Beijocas*
Marta
De sonhoterumfilho a 19 de Junho de 2008 às 16:42
Muitos parabéns pelo teu menino. Que lindo que ele é,, tens todos os motivos para te orgulhares dele.
Obrigada pelo convite para visitar o teu blog. Também és uma sapinha como eu...
Deixo-te um grande bj e desejo-vos muitas felicidades
Susana
De Tété a 19 de Junho de 2008 às 16:59
Olá Ana.
Descobri o teu blog através de alguém que também acompanhas (são mais de 100 os blogs que visito que já não me lembro quem foi ;o)
Depois de ter lido o teu relato revejo em muitas das tuas palavras à excepção que o meu demorou 36 horas mas por eles tudo não é? Rapidamente nos esquecemos do nosso sofrimento.
Parabéns pelo teu Duarte lindo!
Acompanhar-vos-ei com assiduidade afinal o teu filhote só tem mais 2 semanas que o meu Xavier ;o)
Beijos
Tété & Xavier
De Tété a 19 de Junho de 2008 às 17:07
Ah e esqueci-me de te dizer que podes ler o meu relato EXTENSO ;o) aqui neste link ok?
http://osmilagresacontecem.blogspot.com/2008/02/as-mais-longas-36-horas-da-minha-vida.html
De era1xeu a 19 de Junho de 2008 às 17:53
Adorei ler a descrição do teu parto. Sem duvida que é o dia mais feliz das nossas vidas, aquele em que temos os nossos tesouros nos braços.

Uma beijoca muito grande e obrigada pelo teu carinho

Maria Pereira
De Mãe Pimpolha a 19 de Junho de 2008 às 18:28
Adorei o relato do nascimento do teu menino e que grande matulão. Bolas! lol
De magofra a 19 de Junho de 2008 às 19:55
Ola é a 1ª vez que te visito e encontrei-te por acaso. fazes um relato muito bonito do parto mas devo confessar que é um dos meus medos. Parabens pois o teu principezinho e muito bonito . parabens e muitas felicidades. beijo gorete
PS desculpa o atrevimento
De liliana a 4 de Julho de 2008 às 00:17
Gostei do teu relato :)
O parto do meu bebé está previsto para final de Dezembro e eu já pensei em como vou aguentar com o frio nuinha em pêlo. Não aguento... Dá-me uma coisinha má!!!

Estou ansiosa por lhe comprar as primeiras roupinhas. Hoje vi um conjuntinho assim, semelhante ao teu, amarelinho, mas era "aberto" nos pés, tipo calcinhas. Gosto muito destes amarelinhos e dos laranjas; tb gosto dos verdinhos e prco-me com os azuis. O cor-de-rosa acho HORRÍVEL. Se for uma menina, estou bem tramada!!!

Beijinhos :)
De Estreladomar a 27 de Julho de 2008 às 10:18
Sabias que estivemos no hospital no mesmo dia? Foste ao bloco de partos no dia 11 a que horas? Eu dei entrada às 9 da manhã e a minha pequerrucha só nasceu quase às 6 da tarde. Tive o dia todo na salinha dos CTG.
Ainda nos cruzámos no corredor, quem sabe?!?!

**

As nossas histórias tiveram um final FELIZ! Foram quase uns "partos santos" Lololol...
Eu também fiquei encantada com o hospital, equipas médicas, enfermeiros e auxiliares.
Adorei tudo e todos!!!

PS: realmente aquela sala de cirugia é GELADA, brrrrrrrrrrrrr... eu tb tremia por todo o lado!! ihihihi...

Comentar post

.Obrigada pela visita e voltem sempre...


glitter-graphics.com
Ana Goncalves

Cria o teu cartão de visita

.Barrinha...

Lilypie Third Birthday tickers

.Dezembro 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.Ultimas aventuras...

. Boas Festas...

. Força Portugal...

. Drº Duarte...Carnaval 201...

. 4 Anos...

. Boas Festas...

. Carnaval 2011...

. 3 anos ou 36 meses...

. Boas Festas...

. Atirei o pau ao...

. Inauguração do Gymboree M...

. Parabéns Quentin...

. Museu das Aldeias...

. Fim de semana de festa...

. E como diz o Duarte...

. A minha marcha é linda...

.O que já passou...

. Dezembro 2012

. Junho 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Março 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Novembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

.tags

. todas as tags

.links

.mais sobre mim

.Ás kuantas ando...


Birth Announcements

.Gosto de visitar e de aprender com...





BabyBlogs BabyBlogs selobaby2 Agenda dos Miúdos

.Vamos falar...



adopt your own virtual pet!

LCD Text Generator at TextSpace.net
Ana Goncalves

Cria o teu cartão de visita